• ATO DELIBERATIVO 03 - Sobre Bye Bye
ASSOCIAÇÃO DOS MOTOCICLISTAS DO ESTADO DA BAHIA - AMO-BA



Ato Deliberativo nº 03 - 10 de maio de 2014.

Autor: Associação dos Motociclistas do Estado da Bahia - AMO-BA.
Editor: Diretoria.
Aprovado: Diretoria
Este documento invalida e substitui o semelhante anterior.
Entrada em Vigor: Imediata.

Resumo: Evento Motociclistico denominado "Bye Bye".


Capítulo I - Normatizado - Entenda-se como:

a) Bye Bye: Último Evento Motociclistico no calendário anual de eventos, com apoio da AMO-BA, realizado no mês de dezembro, "também, denominados como Bye Bye Vigente e Bye Bye Subsequente, para diferencia-los, apenas, neste documento".
b) Bye Bye Vigente: Evento já submetido à votação e confirmado como vencedor.
c) Bye Bye Subsequente: Evento a ser votado no Bye Bye Vigente.
d) Origem do Nome/Evento: O evento foi idealizado pelo Estradeiros Moto Clube, da Cidade do Salvador/BA, em 1977, passando a ser adotado e ter o apoio da AMO-BA a partir de 2001, por ocasião da criação desta Associação. O uso deste nome/título é exclusivo ao evento que preencha os requisitos e critérios constantes neste Ato Deliberativo.
e) O objetivo é que o Bye Bye seja realizado, a cada ano, em um dos Municípios do Estado da Bahia, que reúna condições favoráveis para tal, contribuindo para o comércio, turismo e cultura local, difundindo e fortalecendo o motociclismo nacional.


Capítulo II - Sobre Apoio:-

a) O Apoio da AMO-BA, ao qual se refere este Capítulo, corresponde ao auxílio gratuito de informações para a organização do Bye Bye.

b) As execuções, deliberações prestação de serviços e coordenação geral do Evento, são de responsabilidades exclusivas dos seus respectivos Organizadores, isentando a AMOBA de qualquer ação civil ou penal, pertinentes ao Evento.

c) Todo o material publicitário do Evento deverá conter a marca oficial da AMO-BA.

d) O Responsável, ou responsáveis pelo Evento compromete-se a cumprir as normas estabelecidas pela AMO-BA.


Capítulo III - Sobre Inscrição, Votação e Divulgação:-

a) Os Grupos de Motos, ou Motociclistas Independentes, pretendentes a organizar o Bye Bye, devem estar devidamente cadastrados na AMO-BA.

b) Deverá ser encaminhado Projeto do Evento para a AMO-BA ao e-mail contato@amobahia.com.br, até o dia 1º (primeiro) de julho do ano da realização do Bye Bye Vigente, contendo informações detalhadas, para que a Diretoria da Associação analise e divulgue a proposta que melhor atender ao motociclismo.

*Informe 03 de 21/06/2014: Informamos que o prazo para as inscrições e entrega dos projetos, para o ano de 2015, foi adiado de 01 de julho para o dia primeiro de novembro de 2014 devido a revisão, este ano, deste Ato Deliberativo nº 03.

c) Serão avaliados todos os itens constantes nos Capítulos IV e V.

d) A escolha da Cidade/Projeto vencedor será analisado e julgado por Motociclistas Independentes, Presidentes de Grupos de Motos ou seus representantes legais, munidos de autorização escrita, devidamente cadastrados na AMO-BA, todos, com direito a 1 (um) voto, em votação presencial, na Assembléia Geral, durante a realização do Bye Bye Vigente.

  1) Havendo igualdade de condições de proposta, a prioridade de escolha será para o Município onde ainda não tenha sido realizado o Bye Bye.
2) Em caso de empate, a AMO-BA dará o voto de desempate.
3) Findada a votação, o Bye Bye fica confirmado a se realizar na Cidade/Projeto vencedor.

e) A divulgação do Bye Bye será feita de forma gratuita, pela AMO-BA, na Seção de Eventos, no Site da Associação (www.amobahia.com.br), mesmo antes de receber o respectivo Cartaz/Folder do Evento.

f) A divulgação do Bye Bye em outros meios e formas de comunicação pela AMO-BA acarretará em custos, caso a organização do evento opte por este expediente.

Capítulo IV - Critérios para o Município sediar o Bye Bye:

a) Não ter sido sede do Bye Bye nos últimos 5 (cinco) anos que antecedem ao Bye Bye Vigente.

b) Fácil acesso para deslocamentos de veículos, com segurança, até o Município, através de rodovias, vias fluviais ou marítimas;

c) Estrutura de rede hoteleira o suficiente para abrigar a quantidade de hóspedes condizente com o projeto apresentado.

d) Área de camping gratuito, com capacidade adequada para alojar campistas com segurança e conforto.

e) Estrutura de bares, restaurantes e lanchonetes suficiente para atender à demanda de clientes correspondente ao projeto apresentado.

f) Estrutura hospitalar para atendimento médico de emergência nas redes públicas e particulares.


Capítulo V - Critérios para o Evento Bye Bye:-

A AMO-BA sugere que o evento Bye Bye tenha caráter solidário.


O Bye Bye é um forte gerador de divisas, contribuindo de forma muito expressiva ao turismo, comércio e cultura para o Município onde se realiza.

a) Período de Duração: O evento Bye Bye deverá ter, no mínimo, duração de 04 (quatro) dias, ocorrendo, sempre, no mês de dezembro.

b) Planejamento: Antes de tudo, comece com o planejamento, relacionando todos os itens, conteúdo, forma, data e duração do Bye Bye.

c) Patrocínios / Expositores: Buscar a participação de empresas públicas e privadas, através de Contratos Formais.

Sugestões:
  1) Prefeituras, Secretarias e demais órgãos do governo;
2) Fábricas e revendas de motocicletas;
3) Fábricas e revendas de acessórios para motos e motociclistas;
4) Oficinas especializadas em motocicletas;
5) Empresas Gráficas, de Comunicação e Telecomunicação;
6) Hotéis, Restaurantes, Bares e Casas de Diversão;
7) Operadoras e Agências de Turismo;
8) Bancos, Financeiras e Seguradoras.

d) Legalização: Providenciar as devidas autorizações junto aos Órgãos Públicos.
  1) Liberação para uso da área/espaço;
2) Autorização para apresentação de shows musicais;
3) Para Moto Passeio, solicitar apoio de Batedores de Órgãos de Trânsito oficiais e de ambulâncias.

e) Publicidade: O Cartaz e demais materiais publicitários do Evento, inclusive camisas, devem conter a marca oficial da AMO-BA.

f) Turismo e Cultura: Informar pontos turísticos e culturais da região. Isto, sem dúvida, agrega valor e aumenta o número de participantes / visitantes ao Evento.

g) Camping: Oferecer camping gratuito e seguro, em área limpa, com banheiros femininos e masculinos. Sugerimos espaços em escolas e clubes sociais.

h) Combate à Zoeira: Afixar cartazes que estimulem o respeito e o silêncio dentro da área do camping.

i) Hospedagem: Informar a maior quantidade possível de hotéis, pousadas e casas de aluguel, idôneos.

j) Alimentação: Mesmo que seja fornecida alimentação gratuita pela organização do evento, informar locais para desjejum em estabelecimentos particulares.

k) Sobre Preços: Negociar, junto aos comerciantes locais, para que evitem a cobrança de valores abusivos de seus serviços e produtos.

l) Segurança e Saúde: O Bye Bye deve contar com o apoio de:
  1) Segurança Pública;
2) Segurança de empresa privada, opcional;
3) Ambulância;
4) Corpo de Bombeiros.
5) Plano de evacuação em caso de emergência;
6) Acesso rápido ao local do evento para socorro médico emergencial;
7) Banheiros químicos;
8) Seguro Privado contra sinistros (consultem empresas de seguros).

m) Recepção: Disponibilizar equipe para receber os motociclistas em local de fácil acesso, de preferência na entrada da Cidade.

n) Brindes, Troféus e Cortesias: todo tipo de doação efetuada pelo Evento, aos motociclistas, será de única e exclusiva deliberação de seus organizadores, cabendo a estes, definirem sobre critérios e normas.

o) Acesso à área do evento: permitir acesso livre para motociclistas e garupas, salvo tratar-se de evento solidário e o critério para acesso seja por doação de alimentos.

p) Estacionamento: reservar espaço para o estacionamento gratuito das motocicletas no local do evento e/ou em área adjacente.

q) Stand AMO-BA: Solicitamos aos organizadores a reserva de um stand exclusivo, no local do Evento, para acomodar representação oficial da Associação, com a finalidade de atendimento a motociclistas e público em geral, bem como, exposição e venda dos produtos da AMO-BA.

r) Iluminação: certificar-se de iluminação adequada no local do evento.

s) Limpeza e higiene: Disponibilizar equipe para limpeza em todos os locais do evento, como: área, banheiros e camping.

t) Combate ao desrespeito: divulgar cartazes e mensagens contra a realização de zerinhos, estouros, wheeling, aceleração desnecessária, ou qualquer outro tipo de habilidade de risco, ou perturbativa, com motocicletas, na área do evento, passível a repreensão.

u) Sociabilidade: Estimulem o congraçamento, cordialidade e gentileza. Deve-se reprimir qualquer conduta, ato ou material, considerado ilícito, bem como não permitir a divulgação de temas políticos, religiosos, eróticos, pornográficos ou preconceituosos, em todas as áreas ligadas e relacionadas ao Evento.

v) Shows, Bandas e Som Mecânico: Observar para que a inclusão de shows, bandas e sons mecânicos tenham predominância voltada ao motociclismo. Deve-se respeitar, entretanto, a tendência e tradição musical das cidades que sediam os eventos.

Capítulo VI - Cancelamento:
a) O cancelamento do evento Bye Bye deverá ser informado a AMO-BA no prazo mínimo de 06 (seis) meses antes da sua realização.

b) O desistente fica impedido de candidatar-se ao Bye Bye por um período de 03 (três) anos consecutivos a partir da data do cancelamento.

A AMO-BA analisará e tomará providências relativas às adversidades relacionadas ao evento Bye Bye.

Presidente. Lúcio Flavo Soares Pimentel- Pimenta
Contato: contato@amobahia.com.br